Demanda

É meia-noite. Depois da encruzilhada, a rua de terra batida leva ao barracão iluminado por velas pretas e vermelhas. Os tambores tocam uma sequência lúgubre, os tabaqueiros entoam cânticos que fazem os cães latirem ferozes. Aviso que não adianta fazer o sinal da cruz, no barracão existe um outro maioral.  O frio é aquecido por … Continue lendo Demanda

O homem de doze mãos

Quando refleti sobre como escrever essa história, pensei em tratá-la toda na 3ª pessoa, mas logo percebi que falar da Seara De Oxalá e de seu Babalorixá, sendo que a Seara é minha casa e o Babalorixá foi meu pai de sangue, seria, no mínimo, difícil. Escrevendo, constatei que separar-nos é impraticável. Por isso não … Continue lendo O homem de doze mãos

A cegueira da luz

Há alguns dias venho pensando que deveria escrever sobre esse assunto, afinal, apesar de polêmica, trata-se de uma situação tão comum que não distingue espiritualistas, religiosos etc., sejam iniciantes ou experientes. Todos podem, estando desatentos, serem vítimas desse mal, pois ele facilmente é mascarado pelo ego, fazendo-nos confundir com a própria "convicção", com "incompreensão" por … Continue lendo A cegueira da luz

Confia na espiritualidade

Quando ouço pessoas dizerem que a espiritualidade respondeu todas as suas perguntas, eu acredito. Acredito em quem viu sua vida se transformar do caos em algo minimamente organizado, ou uma vida sofrida encher-se de paz. Eu acredito em pessoas que dizem ser testemunhas do agir da espiritualidade em suas vidas. Comigo, exceto alguns detalhes, também … Continue lendo Confia na espiritualidade