Estrela guia

Vou onde aponta a estrela guia
e vão meus passos rumo
ao horizonte incerto

Porém, alimenta-me a verdade,
a honra, a justiça e a valentia
e não tenho medo de recomeçar a caminhar
até chegar ao meu destino

Sou pedra que se dana
e rola pedreira abaixo
perdendo pedaços
até repousar o leito do rio
esperando a hora de ser lar do musgo

Sou o brado que fez voar os pássaros
e o canto que encanta a noite
Sou areia que escapa entre os dedos

Sou a rudeza de um homem sábio
e a sabedoria de um homem rude
Sou o passado, o presente, mas não o futuro

Eu vi um mundo, por detrás dos muros
onde a natureza permanece intocada por mão humanas
e no céu aqui de fora
brilham todas as estrelas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s